INTERCONTINENTAL 2017 MARCADA PELA MELHOR CLASSIFICAÇÃO

No ano de 2017, a Seleção Nacional participou pela última vez na Taça Intercontinental. Ao longo de toda a prova a formação portuguesa mostrou ter argumentos para vencer a competição mas na final o Brasil levou a melhor. Com 8 golos apontados, Jordan Santos foi eleito o Melhor Marcador.

A terceira presença na prestigiante prova do calendário mundial, do Futebol de Praia, foi a melhor, em termos classificativos, mas também aquela que “soube a pouco”. A equipa das Quinas fez de cada um jogo uma verdadeira final e tudo levava a querer para um desfecho vitorioso. Na grande final a Seleção do Brasil acabou por vencer (2-0) num encontro bastante equilibrado e em que Portugal esteve por cima, grande parte da partida.

O caminho até às grandes decisões não foi fácil mas foi merecido. No primeiro desafio os comandados de Mário Narciso venceram os EAU (6-4) mas ao segundo encontro o Brasil levou a melhor (4-1). Foi depois da decisão por grandes penalidades que Portugal venceu o terceiro encontro e carimbou o passaporte para as meias finais. Frente à formação do Egipto a nossa Seleção terminou o tempo regulamentar, e prolongamento, com um empate a seis bolas. Nas grandes penalidades a equipa nacional venceu por 3-1.

A Rússia foi o adversário nas meias finais. Os russos venceram o Grupo B à frente do Irão, Paraguai e México. No encontro que valia um lugar na grande final, a equipa das Quinas venceu (3-2) em mais um emocionante duelo. Na outra meia final o Irão perdeu diante dos canarinhos mas na luta por um lugar no pódio venceram a formação russa.

Além da melhor classificação de sempre, na prova, Portugal viu Jordan Santos ser eleito o Melhor Marcador (8 golos). O prémio de Melhor Jogador foi para Rodrigo e o de Melhor Guarda Redes para Mao.

Convocados de Mário Narciso: Bê Martins, Bruno Novo, Bruno Torres, Duarte Vivo, Elinton Andrade, Jordan, Léo Martins, Madjer, Pedro Silva, Ricardo Batista, Rui Coimbra e Tiago Petrony

Jogos / Resultados:
J1: Portugal 6-4 EAU (Jordan Santos (4), Bê Martins e Madjer)
J2: Brasil 4-1 Portugal (Madjer)
J3: Egipto 6(2)-(3)6 Portugal (Jordan Santos (3), Madjer(2) e Bê Martins)
Grandes penalidade: Madjer, Pedro Silva e Jordan
Meias finais: Rússia 2-3 Portugal (Bruno Novo, Andrade e Jordan)
Final: Portugal 0-2 Brasil

Classificação geral: Brasil, Portugal, Irão, Rússia, EAU, Egipto, Paraguai e México.

Elite | Apuramento de Campeão

PosiçãoEquipaJVDP
13309
23216
33123
43030

Elite | Manutenção / Descida

PosiçãoEquipaJVDP
13309
23216
33123
43030

Facebook

BEACH SOCCER WORLDWIDE

RANKINGS