OS DESTAQUES INDIVIDUAIS DAS NOSSAS VITÓRIAS

Sem golos não se consegue as vitórias que nos dão os títulos. Neste ano de 2019 a equipa das Quinas apontou 244 golos em competições oficiais. Um número que contou com o contributo de treze internacionais portugueses. Dos 244 golos apenas dois foram de jogadores adversários.

O jogador que mais vezes faturou foi Léo Martins com um total de 45 golos. Apenas a dois golos de diferença ficou Jordan Santos. O Melhor do Mundo balançou as redes por 43 vezes. A fechar o “Top 3”, João Gonçalves marcou por 32 vezes a favor de Portugal. A lista fica completa com os seguintes números: Belchior (28); Madjer (23); Rui Coimbra (19); Bê Martins (18); André Lourenço (8); Bruno Torres (8); Andrade (7); Rúben Brilhante (6); Tiago Batalha (3) e Tiago Petrony (2).

Além de ter contribuído com o maior número de golos, Léo Martins também foi o jogador que marcou em mais jogos consecutivos mais precisamente oito encontros. No Mundial FIFA apontou golos em todos os desafios. Já Jordan Santos foi o jogador que marcou, por mais vezes, em todos os jogos de uma de uma só competição (Torneio Internacional da China, Etapa da Liga Europeia – Nazaré, e Mundialito). A dupla, Jordan e Léo Martins, faturou em 26 dos 40 jogos, oficiais, da nossa Seleção.

O maior número de golos por um jogador, num só jogo, foram quatro. Diante da Inglaterra, na Taça Internacional da China, Léo Martins registou esse número assim como João Gonçalves, na final dos Jogos do Mediterrâneo, frente à Itália. Neste ano de 2019 o primeiro golo foi apontado por Rui Coimbra e o último por Jordan Santos. Ainda neste ano, Tiago Petrony, Rúben Brilhante e André Lourenço estrearam-se a faturar, em jogos oficiais, pela equipa das Quinas. De referir também que Tiago Batalha apenas esteve presente em uma prova tendo marcado por três vezes.

Ao longo deste ano, Portugal disputou 9 competições oficiais e 6 estágios de preparação. No total foram 18 jogadores que estiveram às ordens de Mário Narciso: André Lourenço; Bê Martins; Belchior; Bruno Torres; Elinton Andrade; João Gonçalves; Jordan Santos; Léo Martins; Madjer; Miguel Pintado; Pedro Mano; Pedro Silva; Ricardinho; Rodrigo Pinhal; Rúben Brilhante; Rui Coimbra; Tiago Batalha e Tiago Petrony.