DOZE NOMES À CONQUISTA DO PARAGUAI

O Mundial FIFA 2019 vai marcar a estreia de André Lourenço, João Gonçalves “Von” e Rúben Brilhante em campeonatos do mundo. Fica a conhecer um pouco mais, com especial atenção às participações em Mundiais FIFA e ao ano de 2019 com as cores nacionais, dos convocados para o Paraguai.

André Lourenço (SC Braga) – 24 anos. É um dos três estreantes em Mundiais FIFA. No jogo decisivo da qualificação, realizada em Moscovo, marcou o segundo penalty, no desempate por grandes penalidades diante da Espanha. Neste ano de 2019 teve presente em cinco competições, pela Seleção Nacional, marcando 7 golos. Ainda neste ano transferiu-se do GR Amigos Paz para o SC Braga. O futuro da Seleção Nacional certamente que terá André Lourenço.

Belchior (Sporting CP) – 37 anos. O “camisola 10” da equipa das Quinas é a par de Madjer o segundo jogador com mais golos e jogos da atual convocatória. Fez parte de todos os Mundiais FIFA onde Portugal marcou presença. No total já são 40 jogos e 37 golos marcados. Continua a ser um dos jogadores mais influentes e experientes da atual Seleção Nacional. Neste ano de 2019 teve presente em todas as competições oficiais tendo já marcado 25 golos.

Bê Martins (SC Braga) – 29 anos. Foi em 2015 que se estreou em Mundiais FIFA e logo com a conquista do título mundial. Em Espinho fez 3 golos em 5 jogos. Esteve presente no Mundial das Bahamas onde disputou todos os encontros da Seleção Nacional. É dos jogadores com mais técnica e imprevisibilidade da nossa equipa. Ver Bê com a bola é ver magia na areia. Mesmo com uma grave lesão, neste ano de 2019, o internacional português tem feito golos e tem dado espetáculo com a camisola nacional. É um dos jogadores que pode decidir um encontro em qualquer momento e sem dúvida um dos melhores da atualidade.

Bruno Torres (SC Braga) – 39 anos. É o terceiro jogador com mais golos e jogos da atual convocatória. Disputou o seu primeiro Mundial FIFA no ano de 2008. Devido a uma lesão não teve presente nos dois últimos jogos do Mundial 2015, contudo foi dos jogadores que mais sentiu, e mereceu, o título. É uma voz de comando que deixa tudo em campo até ao último segundo. É mais do que um jogador. Marcou o primeiro golo no último jogo do Mundial 2017 diante do Brasil.

Elinton Andrade (Flamengo BS) – 40 anos. Defendeu duas, das três grandes penalidades, no jogo diante da Espanha que ditou o apuramento para este Mundial. Em Espinho sagrou-se campeão do mundo logo em ano de estreia na competição. Além da segurança que dá á baliza portuguesa o seu jogo de pés tem dado diversos golos à equipa das Quinas. Foi eleito o Melhor Guarda Redes do Mundo em 2016 e 2018. Com Mário Narciso ao leme tem sido um dos pilares da equipa portuguesa.

João Gonçalves (Sporting CP) – 24 anos. Mais uma estreia em Mundiais FIFA pela equipa das Quinas. Von, como é conhecido no mundo do Futebol de Praia, é dos jogadores que mais facilmente arma um pontapé de bicicleta com uma eficácia de golo tremenda. Neste ano de 2019 é atualmente o terceiro melhor marcador, da Seleção Nacional, com 32 golos. A sua evolução tem sido notória e certamente que no futuro será ainda melhor jogador e uma das referências da nossa Seleção. Transferiu-se recentemente da Casa Benfica Loures para o Sporting CP.

Jordan Santos (SC Braga) – 28 anos. O Melhor Jogador do Mundo parte para este Mundial com a confiança em alta. Foi em Rivienna (Itália) que disputou o seu primeiro Mundial FIFA e logo em ano de estreia fez o seu primeiro golo na competição (frente ao Senegal). Além da edição de 2011 também marcou presença nos Mundiais FIFA de 2015 e 2017. No total já soma 16 jogos. Jordan é dono de uma técnica acima da média e de um remate que tem feito estragos de areal em areal. Com o nazareno em campo parece que não existe cansaço. Jordan Santos é um jogador completo. Neste momento é o segundo melhor marcador, da equipa das Quinas, com 36 golos. No último jogo do Mundial das Bahamas apontou os dois últimos golos de Portugal frente ao Brasil.

Léo Martins (SC Braga) – 29 anos. Assim como o seu irmão fez a sua estreia no ano de 2015 consagrando-se campeão do mundo em Espinho. Repetiu a presença nas Bahamas e no total, dessas duas competições, já realizou 10 jogos. É o melhor marcador da equipa das Quinas, neste ano de 2019, com 37 golos. Este é muito provavelmente o melhor ano de Léo Martins ao serviço da Seleção Nacional. Um jogador com técnica e velocidade para poder decidir um jogo a qualquer momento. Atualmente é dos jogadores em melhor forma, por todo mundo, e um dos nomes que certamente terá um brilhante futuro na Seleção portuguesa.

Madjer (Sporting CP) – 42 anos. O Capitão, e lenda, da Seleção portuguesa é o melhor marcador de sempre em Mundiais FIFA. No total já são 87 golos apontados. Da atual convocatória é o jogador com mais jogos nesta competição: 43. Venceu por três vezes o prémio de Melhor Marcador (2005, 2006 e 2008). Até ao momento é o jogador com o maior registo de golos num Mundial FIFA (21 golos em 2006). Em 2005 e 2006 venceu o prémio de Melhor Jogador da competição. Já coleciona 5 títulos de Melhor Jogador do Mundo (2003, 2005, 2006, 2015 e 2016). Presente em todas as provas de 2019, pela Seleção Nacional, já apontou um total de 22 golos. Madjer será sempre Madjer.

Rúben Brilhante (ACD O Sótão) – 18 anos. O jogador mais novo da Seleção Nacional, e de todas as Seleções que vão estar no Paraguai, faz a sua estreia em Mundiais FIFA. O nazareno tem vivido um ano de sonho. Neste 2019 tem sido uma presença constante nas escolhas do nosso Selecionador e já leva 6 golos. O talento está à vista e acreditamos que o mesmo será ainda maior no futuro. Celebra o seu 19º aniversário no último dia da competição.

Rui Coimbra (Sporting CP) – 33 anos. Realizou o seu primeiro Mundial em 2009 e desde então esteve sempre presente em todas as convocatórias, de Portugal, para a prova. Quatro Mundiais FIFA com 17 jogos realizados e 7 golos apontados. É um dos jogadores mais experientes da nossa Seleção estando este ano com uma marca de golos acima da sua média. No total já são 14. Um desses golos foi apontado no jogo decisivo diante da Espanha, em Moscovo, no apuramento para o Paraguai.

Tiago Petrony (Sporting CP) – 30 anos. Disputou o seu primeiro Mundial FIFA em 2015 e voltou a marcar presença em 2017 nas Bahamas. Em ano de estreia sagrou-se campeão do mundo pela Seleção Nacional. Apesar de ser o guarda redes suplente da equipa das Quinas é dos jogadores mais assíduos nas convocatórias de Mário Narciso. O futuro da baliza, da Seleção Nacional, está muito bem entregue. Irá celebrar o seu aniversário no Paraguai.

Este será o terceiro Mundial FIFA para atual equipa técnica liderada por Mário Narciso, tendo como adjuntos, Luís Bilro e Tiago Reis. Doze convocados com qualidade, experiência e irreverência na luta pelo principal objetivo. A história da nossa Seleção fala por si e não podemos pensar de outra forma: Somos uns dos candidatos à conquista deste Mundial FIFA.

Elite | Apuramento de Campeão

PosiçãoEquipaJVDP
13309
23216
33123
43030

Elite | Manutenção / Descida

PosiçãoEquipaJVDP
13309
23216
33123
43030

Facebook

BEACH SOCCER WORLDWIDE

RANKINGS