FALTA DE ESTRUTURAS NÃO IMPEDE SUCESSOS

Na terra do nosso atual Selecionador Nacional o Futebol de Praia é sinonimo de história, mas as atuais condições, em termos de estruturas, não correspondem ao sucesso dos clubes e dos jogadores setubalenses.

Na programação do Campeonato Nacional 2019 estavam previstas 3 etapas para o Parque Urbano de Albarquel em Setúbal. Com o desenrolar da competição as mesmas foram canceladas. Uma situação desagradável para clubes, jogadores, modalidade e cidade.

Em 2016 foi realizada a fase final do Campeonato Nacional no campo de areia do Parque Urbano de Albarquel. Desde dessa data pouco foi feito e a estrutura foi ficando degradada. A areia não é a melhor, para a prática da modalidade, e quando chove a mesma fica dura dificultando os treinos das equipas.

A equipa do São Domingos FC, treinada por Pedro Queijeira, que realizou uma excelente época tendo vencido a Zona Sul da Divisão Nacional, teve que se deslocar para a Praia de Albarquel para poder realizar os seus treinos. Apesar de pisarem um areal diferente as dificuldades continuaram. Em época balnear é complicado treinar sem ter balizas, estrutura fixa e condições de treino. Mesmo com todas as complicações a formação setubalense foi das boas surpresas desta época. Venceu a Zona Sul da Divisão Nacional e foi o melhor ataque e defesa. Na fase final foi eliminada, nas meias final, pela ACD “O Sótão”, equipa que venceu a divisão secundária. Além do São Domingos FC, também as formações do CD Cova Piedade e Zambujalense marcaram presença na fase final sendo eliminadas, ambas, nos quartos de final. A Zona Sul também contou com mais quatro equipas de Setúbal: GDP Costa Caparica, AD Quinta Conde, Barreiro SZ FC e Charneca Caparica FC.

A falta de estruturas não coincide com o trabalho que tem sido desenvolvido pela Associação Futebol de Setúbal. Um apoio que é visível nos clubes e no trabalho desenvolvido nos seus órgãos de comunicação (web site e Facebook). A transmissão, via streaming, de jogos é outro dos exemplos.

A Cidade de Setúbal, terra do nosso atual Selecionador Nacional, tem contribuído para a história da modalidade, através de jogadores (alguns deles internacionais portugueses) e clubes. Um desses clubes é o histórico Vitória FC, sendo umas das equipas com mais presença no Campeonato Nacional.

Setúbal é mais uma terra de sucesso, mesmo com falta de apoios e de estrutura, para a prática e desenvolvimento da modalidade.