PROJETO PIONEIRO LEONINO JÁ CONTA COM UM GOLEADOR

O Sporting CP foi a primeira formação em Portugal a criar uma equipa secundária. O projeto da equipa do Sporting CP “B”, liderada pelo conhecido José Miguel Mateus, deu o pontapé de saída neste ano de 2019. Ao longo desta época participaram na Zona Centro, da Divisão Nacional, na Euro Winners Challenge e Sesimbra CUP. Um projeto que conta com um plantel 100% português onde mora um goleador: Edgar Moreira.

Com a camisola leonina, o jogador luso, participou no Campeonato Nacional, Euro Winners Challenge e Sesimbra CUP. Além destas três competições, pela equipa “B”, teve presente na Liga de Inverno e na Taça de Portugal pela equipa principal verde e branca. Apontou 12 golos no Campeonato Nacional, 1 na Taça de Portugal e 4 na Euro Winners Challenge.

Tudo começou com os treinos de captação para a formação da equipa secundária, contudo o jogador português já estava debaixo de olho, como o próprio nos conta, “O mister José Miguel e o Madjer já andavam de olho em mim á algum tempo. Depois houve uns treinos de captação na Cidade Universitária e estive presente. Eles gostaram e eu fiquei. O motivo da escolha pela modalidade resume-se, essencialmente, à paixão pela mesma, “Amo o Futebol de Praia, o contacto com a bola na areia é uma coisa muito diferente que não existe no Futsal e nem do Futebol 11.”

Entre todo o plantel leonino, da formação “B”, foi um dos jogadores em destaque. Além da sua veia goleadora, que admite ser a sua melhor arma, considera-se: “Um jogador objetivo. Não tenho medo de arriscar, sou rápido, tenho técnica, sou um jogador inteligente e acima de tudo humilde.”

Quanto ao futuro, o jovem leonino trabalha todos os dias com o pensamento na formação “A” leonina. Na fase final da Taça de Portugal foi um dos jogadores chamados ao plantel principal para disputar a prova. Além de Edgar Moreira também Diogo Estrela, Tomás Seixas e Diogo Ribeiro fizeram parte do plantel sportinguista nas decisões da mais recente prova nacional.

Assim sendo, um dos motivos da criação da equipa B, verde e branca, foi ter jovens jogadores perto do plantel principal, mas Edgar Moreira não se sente em vantagem perante os jogadores da sua idade. “Não sinto que esteja em vantagem. Se houver trabalho, dedicação, paixão, força e vontade acho que qualquer um chega onde quer independente da equipa onde esteja.”

Em 2020 a formação do Sporting CP B irá continuar a prosseguir o seu projeto com o objetivo de forma, e criar, jogadores portugueses de Futebol de Praia. Podemos afirmar que este é um caso de sucesso que provavelmente irá permitir o aparecimento de mais projetos equivalentes.