EM CASA MANDAMOS NÓS

Nos anos de 2008, 2009, e 2010 as decisões da Liga Europeia foram disputadas em Portugal. Vila Real de Santo António e Lisboa foram os palcos de todas as emoções. A Seleção portuguesa venceu duas, das três, edições e Madjer foi premiado em todas elas.

 

2008: REVALIDAÇÃO DO TÍTULO EM CASA

A primeira edição, da Super Final da Liga Europeia, realizada em Portugal aconteceu no ano de 2008 em Vila Real de Santo António – Algarve. A Seleção Nacional, que tinha vencido a competição em 2007, entrou diretamente para a fase final sem disputar as habituais Etapas.

Além da Super Final foram realizadas duas Etapas de apuramento. A primeira em Itália (Lignamo Sabbiadoro) e a segunda em França (Tignes). Da primeira Etapa ficaram apuradas as Seleções da Suíça, Itália e Polónia. Já em França apuraram-se a Rússia, França e Holanda. A Seleção da República Checa também garantiu a vaga, para as grandes decisões, como a melhor quarta classificada nas duas Etapas.

No Algarve a Super Final foi disputada em formato de eliminatórias. A Seleção Nacional iniciou a competição com uma vitória sobre a formação da República Checa por 5-2. No acesso à final, Portugal mediu forças com a Itália acabando por vencer por 12-4. A conquista da Liga Europeia 2008 aconteceu após a vitória sobre a Holanda, por 5-1, com golos de Bruno Torres, Madjer (3) e Zé Maria.

Em termos individuais, Madjer foi eleito o Melhor Jogador e Melhor Marcador (11 golos). O holandês Ran Reijer levou para casa o troféu de Melhor Guarda Redes.

2009: RÚSSIA IMPEDIU O TRI

As grandes decisões da Liga Europeia 2009 voltaram a ser realizadas na praia algarvia. Esta foi uma edição que voltou a contar com a disputa das Divisões A e B. Foram realizadas quatro Etapas na Divisão A e três na Divisão B. A Seleção Nacional disputou a Etapa de Minehead (Inglaterra) e Ostia (Itália).

Em Inglaterra a formação portuguesa conquistou 9 pontos fruto das vitórias sobre a Noruega (11-3), Suiça (10-6) e França (6-2). Já em Itália a Seleção Nacional venceu a Noruega (8-2) e a Itália após prolongamento (9-6). No último jogo, em solo italiano, Portugal perdeu, por 7-6, frente à Espanha.

No total das quatro etapas, Portugal ficou em primeiro lugar com 14 pontos, seguiu-se a Espanha e Rússia (12), Itália (11), Suíça e Polónia (6), França (5) e Noruega (3). As decisões foram encontradas entre dois grupos de 3 equipas. No Grupo A, ficaram as formações da Rússia, Espanha e Suíça. O Grupo B, foi composto por Portugal, Itália e Polónia. A equipa das Quinas venceu os encontros frente aos polacos (6-2) e italianos (8-5), garantido a presença na final diante da Rússia. Os russos vencerem o seu grupo com duas vitórias após prolongamento (Suiça e Espanha).

Na final, os golos de Bruno Novo, Zé Maria e Belchior não foram suficientes para vencer, pela terceira vez consecutiva, a competição. A Seleção russa venceu, por 4-3, e escreveu, pela primeira vez, o seu nome da na lista de venceres da Liga Europeia. Com 7 golos apontados Madjer e o italiano Palmacci foram os melhores marcadores. O capitão da equipa das Quinas também foi eleito o Melhor Jogador da competição. O russo Andrey Bukhlitskiy venceu o prémio de Melhor Guarda Redes.

2010: RECONQUISTA EM LISBOA

Depois de duas edições em Vila Real de Santo António a Super Final da Liga Europeia deslocou-se até Lisboa. Em Belém a edição de 2010 voltou a presenciar a vitória da Seleção Nacional perante o seu público. As Seleções que disputaram esta grande final foram encontradas após a realização de quatro Etapas (Moscovo, Marselha, Lignano e Den Haag).

A Seleção portuguesa marcou presença em terras francesas e italianas. Em Marselha, a formação nacional começou por perder diante da Espanha (6-3), prosseguindo com a vitória sobre a Polónia nas grandes penalidades (1-0). No tempo regulamentar o resultado terminou com um empate a quatro. Diante da Seleção francesa os portugueses acabaram por conquistar mais uma vitória (6-3). Na segunda Etapa, Portugal viajou até Lignano para defrontar a Suíça, França e a Itália. A equipa das Quinas começou por derrotar os italianos (6-2) e no segundo jogo os franceses (8-5). Na última partida a Suíça derrotou Portugal pela margem mínima (6-5). Nas contas finais, das quatro Etapas, a Rússia e a Suíça amealharam 15 pontos. A Espanha somou 10, Portugal 9, Itália 8, Roménia 6, Polónia 5 e a França não conseguiu qualquer ponto.

Em Lisboa a formação portuguesa ficou no Grupo A, juntamente, com a Rússia e a Roménia. Depois de uma vitória sobre os romenos (6-1), Portugal chegou à final após o triunfo sobre a Rússia (4-2). A Itália foi o adversário na luta pelo título europeu. Os italianos venceram, no seu Grupo, a Suíça e a Espanha. Com as bancadas lutadas e com um grande apoio, por parte do público português, a equipa das Quinas venceu o encontro com os golos de Alan e Bruno Novo (2). A vitória, por 3-2, sobre a Itália fez com que Portugal reconquistasse a Liga Europeia e somasse o seu quarto título na prova.

Pelo terceiro ano consecutivo, Madjer foi eleito o Melhor Jogador. Com 8 golos apontados, o suíço Stankovic foi o Melhor Marcador e russo Andrey Bukhlitskiy voltou a vencer o prémio de Melhor Guarda Redes.

Fica a conhecer mais sobre as edições da Super Final da Liga Europeia aqui.

CALENDÁRIO 2020

PRÓXIMA COMPETIÇÃO

BEACH SOCCER WORLDWIDE

RANKINGS

Gostas das mudanças do nosso Web Site?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...